María Solinha

Um famoso diretor chega a Cangas do Morrazo, em Galicia, para reconstruir no teatro a história de Maria Solinha, acusada de bruxaria e queimada pela Inquisição no século XVII. A protagonista da obra de teatro vai sofrer, no século XXI, amargos ecos de agressão que Maria Solinha padeceu no século XVII.

“Somos as netas das bruxas que não puderam queimar”
“A Maria Solinha do século XVII e a Maria Solinha do século XXI foram atacadas pelo dragão”

Trailer

Ubicación; Auditório da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

Fecha

21 Feb 2022
¡Caducado!

Hora

6:30 PM

Localización

Braga

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva R. de São Paulo 1, 4700-042 BRAGA

Organizador

CONVERGÊNCIAS PORTUGAL GALIZA